Transparência

COMTUR faz reunião para discutir mudanças para 2023

COMTUR faz reunião para discutir mudanças para 2023

 

O Conselho Municipal de Turismo – COMTUR realizou a segunda reunião mensal ordinária em 2023, de forma on line, reunindo membros que integram a diretoria que conclui o mandato do ciclo 2021/2023.

O presidente que encerra as atividades, Luciano Caribé, apresentou aos presentes o destino Trancoso que integra a comunidade local aos diversos agentes que compõem o turismo na região. Exatamente a prática que vem sendo empregada em Porto de Pedras.

Tendo em vista as mudanças exigidas, a presidente que assumiu Zélia Cavalcanti, também secretaria municipal de Turismo, comunicou às instituições que compõem o órgão a necessidade de indicação dos novos membros que deverão ser nomeados através de ato do prefeito municipal para o biênio 2023/2024.

Conselheiros presentes discutiram a necessidade da integração de pessoas realmente comprometidas e com vontade de contribuir com o desenvolvimento do turismo de Porto de Pedras.

Durante a reunião, Zélia Cavalcanti apresentou as ações que foram e serão desenvolvidas tendo em vista a renovação do selo bandeira azul para a próxima temporada. Até agora todos os pré requisitos foram cumpridos como manutenção e limpeza de toda a área incluindo banheiros, chuveiro, replantio e cuidado com a restinga existente, abertura dos boxes para as associações e instalação do novo Centro de Atendimento ao turismo, além da conclusão das obras de urbanização.

Dentro dos informes, o comunicado sobre a participação das secretárias de Turismo e Meio Ambiente no workshop Nacional da bandeira azul, praia do Cumbuco, Ceará como item obrigatório para a renovação. Também informou sobre os itens vídeos que são também exigidos que já estão prontos e foram enviados a coordenação nacional abordando a questão dos efeitos da poluição do mar no ambiente.

Também foi apresentado os presentes as ações de participação município de Porto de Pedras através da secretaria de turismo em feiras e eventos nacionais, e a necessidade de uma ajuda maior por parte de todos os atores do turismo.